Bolhas nos pés

Mais um problema de quem corre, faz trekking ou simplesmente caminha muito. As famigeradas Bolhas nos pés. Quem é aventurreiro/acampador que nunca teve uma que atire a primeira bota.

Principais causas de bolhas nos pés:

  • Atrito da pele com calçado, meia, sujeira, ou algum corpo  estranho.
  • Também existe as bolhas causadas por queimadura, seja pelo calor ou frio(neve por exemplo).

Basicamente as bolhas que um corredor ou caminhante enfrenta são causadas por atrito da pele com areia, pó ou com o próprio calçado. O importante de se lembrar sobre bolhas é : EVITE.

Para se prevenir bolhas nos pés é recomendável se escolher bem o calçado e meias, botas devem ser firmes e bem amarradas, nada de ficar  folgadas com os pés de mexendo dentro da bota quando se anda. Normalmente se usa com botas de trekking 2(duas) meias, uma fina mais próxima a pele e outra mais grossa por cima. Como modo de prevenção também é comum corredores usarem talco ou vaselina nos pés. Outras pessoas ja sabendo onde costuma ocorrer bolhas protegem a área com esparadrapo.

Não vale a pena estragar um passeio planejado a dias ou semanas por causa de meia errada ou sapato mal escolhido, além do que se estamos em grupo é meio chato atrasar todos por causa de suas bolhas.

Tratamento de bolhas nos pés:

Parabéns você  já conseguiu uma bolha nos pés, agora vamos aprender a tratar disso. Basicamente se a bolha esta ainda com líquido dentro e não rompeu a pele o melhor conselho é NÃO MECHA.

20060806 - Assateague 2006 - 103-0386 - Carolyn's burned foot - after it got bad
Creative Commons License photo credit: Rev. Xanatos Satanicos Bombasticos (ClintJCL)

Apenas tire o sapato e pare oque quer que seja que esta causando a bolha, proteja a bolha com gazes limpas formando um curativo. E espere ela secar e se curar sozinha.

Agora se ela esta causando dor e você precisa continuar andando(esta a uns 30 Km da cidade mais próxima com mochila nas costas) bom neste caso a outra opção é drena-la e fazer um curativo. Existe também o caso onde a bolha ja estourou no calçado mesmo (o cabeça dura apesar da dor continua andando até a bolha estourar e as vezes até formar sangue no ferimento).

Feet
Creative Commons License photo credit: Jason Cartwright

Neste caso lave a área da bolha e em volta com um anti-séptico, em caso de estar longe da cidade e não ter anti-séptico na mochila, use sabão mesmo ou o álcool usado no fogareiro.

Se não tiver nada disso na mochila:  poxa vida!! Vai fazer cursinho nos escoteiros próxima vez antes de ir para aventura no campo, ou so faça passeio no shopping é mais seguro para pessoas como você.

Não remova a pele da bolha, caso alguma ja tenha se soltado mantenha o resto no local. É pele morta ja, então você não ira sentir dor se tiver que cortar o excesso da pele solta.

Faça um curativo com gaze limpa, vista meias limpas por cima para evitar o ferimento pegar poeira e ser contaminado, caso tenha que continuar andando use chinelos ou sandália e vá devagar. O segredo para se curar rapidamente é manter a área do ferimento limpa mas arejada.

Bom espero ter ajudado a tirar algumas dúvidas sobre bolhas, não sou médico mas todas as dicas já foram usadas por mim e fazem parte de vários manuais de primeiros socorros.

Muitas vezes nas trilhas encontramos com acampadores com teorias malucas sobre bolhas: enfie o pé na água fria para parar as bolhas(detalhe: com bota e tudo), tire toda a pele e deixe na carne viva(supostamente a outra pele crescera mais rápido se o ferimento tiver sujo) e outras coisas que nem sei de onde tiram isso.

Bom… mas a dica é essa cuide de evitar bolhas nos pés mas caso aconteça cuide de sua saúde no campo, provavelmente ninguém ira cuidar de você.

Deixe seu comentário

Loading Facebook Comments ...

There are 10 comments left Go To Comment

  1. Camping Selvagem /

    Pode parecer mentira mas não é! Escrevi um artigo esse domingo sobre bolhas nos pés… kkkkk mas só vai ao ar no dia 03/09.

    O seu tá beeem mais didático. risos.

    Parabéns, belo post!

    Abraços.

  2. Carlos / Post Author

    Obrigado…. estou ansioso para ver o seu artigo, sempre tem algo para a gente aprender,

  3. Pingback: Links da semana 06/09 – NuncaPare /

  4. Sunnah /

    Gostei do post. Pena que não precisei caminhar horas para ter 4 delas. Só foi preciso 2 horas de karate e capoeira XD

    Pé de lady é o OH!

    hehe

    Que bom que fiz o certo, ainda estava em aula então lavei o pé no vestiário e saquei da bolsa o vidrinho de alcool e esparadrapo que sempre levo na bolsa.

    Pena que os novos esparadrapos tem mais cola que qualquer outra coisa. Há alguma dica para tirar essa cola?

    Já lavei com esponja natural (aquela que doi quando esfrega), com alcool e nada de sair esse grude. Credo que azar dei hoje XD

    huahuahua

    Beijocas e parabens pelo blog

  5. aline /

    Não me ajudou praticamente em nda ….Maais obrigada

    1. Carlos / Post Author

      Poxa pena que não ajudou quase nada, mas melhor que nada completo. Alguma sugestão para a melhorar o texto?

  6. guilherme /

    joguei futebol descalço o dia inteiro, fiquei com umas 300 bolhas, não acho que seja nada sério, sinceramente prefiro estourá-las eu mesmo e jogar um spray lá que esqueci qual o nome depois de lavá-las bem, bem melhor do que esperar elas secarem e deixar meu pé cheio de negoço que vai apodrecer ou esperar elas estourarem sozinhas e me contaminarem por qualquer outra coisa.

  7. gabriel /

    obrigado pelas digas estou fasendo tratamento e agora estou muito melhor

  8. JC /

    Carlos, eu tenho um tipo de bolha no pé, mas causada por algum tipo de bacteria…essas bolhas aparecem no periodo do verao (bolhas de 1 a 2 mm) – que vão se desenvolvendo e se unem caso eu deixar crescer. O líquido que sai delas é incolor, e causa irritação se escorrer na superficie da pele. Já fiz tratamento com stiecortil e permanganato de potassio, mas nunca resolveu. Todo ano volta… Poderia me dar alguma dica?
    Desde já grato
    Abs

    1. Carlos / Post Author

      Olá JC… este tipo de bolha causada por bactérias geralmente exige um tratamento prolongado. Na verdade mais uma mudança de hábitos, como utilização de meias e palmilhas anti-bacteria, usar mais sapatos abertos, e tratar com algo como permanganato de potassio praticamente TODO dia. Nestes casos consultar um dermatologista acho essencial. Espero que te ajude. Boas caminhadas.

Leave a Reply